segunda-feira, 21 de junho de 2010

MUITA RAIVA, MUITA!

   Sabe quando você procura fazer algo por alguém e simplesmente essa pessoa parece corresponder você? Quando tudo parece perfeito ... e depois tudo acaba, some. Você quer toda aquela felicidade de volta, mas como tê-la, se não depende de você? E quando você acha que está no caminho certo, naquela direção... Você vê que estão apenas zombando de você, que para eles você não mais existe. Que é o que sempre foi: nada.
   Em vez de chorar, de se descabelar, deixe uma lágrima cair, uma lágrima de: eles nem sabem o que eu sou e, certamente, não tem consciência para ver o que estão perdendo. Você é muito importante sim, e , acima de querer ser importante para os outros, seja importante para si mesma. Se dê presentes, curta o maior som, dance, vibre! É a sua chance, a sua vida e só você pode colocar do seu próprio brilho nela... E depois eu quero saber, o que mudou? O que foi tranformado? Não é nossa personalidade, nem nossa essência. É nossa forma de ver o mundo, de nos enxergar.       

0 comentários:

Postar um comentário

Participe você também. Construímos esse blog juntos, e eu quero saber a opnião de vocês sobre os posts, as dicas e tudo mais!